Estamos aqui para realizar o sonho de autores e autoras em publicar seu livro!

Trabalhamos com você na realização de seu propósito.

Cuidamos de sua obra da criação da capa à impressão e acabamento.

Veja abaixo os elementos essenciais para uma publicação de qualidade.

Diagramação

A diagramação é a arte de paginar e diz respeito a distribuir os elementos gráficos na superfície da página que vai ser impressa ou publicizada em outros meios. É uma das atividades principais do design gráfico, pois é fundamentalmente design gráfico. Entre as diretrizes principais da diagramação se destaca a organização tipográfica, ou seja a distribuição e harmonização das fontes, e a legibilidade dos textos. A diagramação é aplicada em diversas mídias como jornais, livros, revistas, cartazes, sinalização, websites e, até, na televisão.

a 2
Os Xerente 5
a 1
O olhar do professor 6
O desafio de formar professores 5
a 5
a 7

Projeto Gráfico

É o planejamento de uma publicação, tendo em vista a sua produção gráfica. A elaboração do projeto gráfico obedece aos ditames constantes da diagramação e da programação visual. É comum afirmar que um bom projeto gráfico não salva um texto ruim, mas, com certeza, um projeto gráfico ruim arruína o texto. Vai prejudicar o livro e fazer de sua de leitura uma experiência cansativa e enfadonha. É o projeto gráfico que definirá o melhor formato do livro, qual o tipo de  papel será usado, a cor do miolo, qual tipografia será utilizada. Também é projeto gráfico que define o corpo de texto, a entrelinha, a "mancha gráfica” e o acabamento do livro.

É comum ouvir alguém dizer que "comprou um livro pela capa" e, sinceramente, as capas dos livros são uma parte especial no design dos livros e, sem dúvida, um dos melhores vendedores. Tecnicamente as capas são coberturas, rígida ou flexível, do miolo de livros, revistas e outros produtos gráficos, mas no campo do design as capas são pensadas como criações artísticas sendo que, em alguns casos, podem ser verdadeiras obras de arte. 

Criação de Capa

1/9

Registro de ISBN

O ISBN - International Standard Book Number - é um sistema internacional padronizado que identifica numericamente os livros segundo o título, o autor, o país, a editora, individualizando-os inclusive por edição. Seu sistema númerico é convertido em código de barras, o que elimina barreiras linguisticas e facilita a sua circulação e comercialização. Criado em 1967 por editores ingleses, passou a ser amplamente empregado tanto pelos comerciantes de livros quanto pelas bibliotecas até ser oficializado, em 1972, como norma internacional pela International Standard Organization. O sistema ISBN é controlado pela Agência Internacional do ISBN, que orienta, coordena e delega poderes às agências nacionais designadas em cada país. A Agência Brasileira, com função de atribuir o número de identificação aos livros editados no Brasil, esteve, entre 1978 e 2019, com a Fundação Biblioteca Nacional, quando foi repassada a Câmara Brasileira do Livro - CBL. O fundamento do sistema é identificar um livro e sua edição, não se repetindo jamais em outra.

Revisões

No processo de edição de um livro as revisões são de duas naturezas:

1. De Texto (Ortografia e gramática).

Revisão feita diretamente no original, oportunidade em que se corrige as imperfeições de linguagem, são uniformizados os pontos semelhantes que se repetem na matéria, afora outros procedimentos.

2. De Provas

Essa é uma expressão genérica que designa as diversas espécies de revisão, feitas depois que o original sofreu o processo de composição. Por muito tempo foi chamada de revisão tipográfica.

A ficha catalográfica resulta da Catalogação na Publicação (CIP - Cataloguing in Publication) e consiste na catalogação do livro antes de sua publicação, identificando a obra de forma permanente e padronizada. Por permitir a identificação do livro por ele próprio, auxilia as editoras e livrarias na divulgação e comercialização de livros,ajuda as bibliotecas no processo de catalogação de livros, facilita o registro bibliográfico em qualquer suporte, propicia a uniformização da citação bibliográfica, permite às editoras a organização de arquivos, catálogos comerciais e material promocional dentro de padrões uniformes e, por fim, propicia aos livreiros informações concisas sobre a matéria abordada no livro, facilitando seu agrupamento por assunto e favorecendo sua veiculação. As nossas edições recebem catalogação da Câmara Brasileira do Livro - CBL, mas elas podem ser confeccionadas também pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros - SNEL.

Ficha Catalográfica