A Glossemática, desde seu surgimento, meados da década de 30 do século XX, tem sido objeto de muita leitura, de muita polêmica e de muitos estudos apresentados por continuadores ou críticos de Hjelmslev.
Os resultados desses estudos tem se transformado em ideias aproveitadas por diversos ramos da linguística moderna: Morfologia, Semântica, Sintaxe, Semiótica entre outras. A Glossemática se constitui no conjunto de obras produzidas por Hjelmslev, porém nem todas elas apresentam a mesma relevância para a teoria, ainda que todas contribuam para a sua fundamentação. É uma teoria pouco lida e muito critica nos dias atuais. As críticas a ela são expressas com base em estereótipos que se foram perpetuando no decorrer da segunda metade do século XX. Para José Luiz Fiorin (2008) "paradoxalmente, os que fazem essas críticas não levam em conta a dimensão histórica do projeto hjelmeleviano. Afinal, uma teoria é criada num ambiente cultural determinado, num dado universo de discurso, em que campos e espaços discurssivos ganham significados. Não se pode ler Hjelmslev sem levar em conta as teorias com que ele dialoga, pois não se pode analisar um projeto científico fora do espaço discursivo em que se constitui. Afinal, toda a teoria é mais ou menos influenciada pelas que a precederam, em oposição as quais ela se constitui".

Historiografia-Linguística da Glossemática de Louis Hjelmslev

REF: 0012
R$25,00 Preço normal
R$20,00Preço promocional
  • Autor: Jonas Pereira Lima

     

    ISBN: 978-85-64147-20-1

Assine a nossa newsletter

© 2018 by NAGÔ Editora e Livraria

Designer by Sillva Sites